25 de novembro de 2010

shrink


Um grande filme com um Kevin Spacey absolutamente fabuloso.

22 de novembro de 2010

Alguém já cheirou esta delícia?


Eu pareço uma maluquinha sempre com o nariz enfiado nos braços... É tãaaaoooo bom.

Estou em dívida com a minha cama

Ontem fui ver o novo filme do Harry Potter. Devia ter ido dormir.

A brincar, a brincar, foram menos duas horas e meia de sono... [boring]

20 de novembro de 2010

18 de novembro de 2010

A maluquinha dos óculos de sol

Se ontem viram alguém, em plena Avenida da Liberdade, com uns óculos de sol postos na cara, ostentando uma só lente, então já me conhecem...

17 de novembro de 2010

 Hoje estou com o coração apertadinho, apertadinho...

12 de novembro de 2010

11 de novembro de 2010

O preconceito em azul metalizado

Eu não sou uma pessoa preconceituosa. Já fui, em tempos. Já julguei outras pessoas apenas pela sua aparência, pela sua maneira de pensar e de estar na vida. Pela roupa que vestiam, pelos acessórios que as denunciavam, pela cor de cabelo até... Na altura em que era uma adulta demasiado infantil, centrada no meu mundinho perfeito e alinhado, demasiado certinho e irritante. Entretanto cresci, arrumei as palas laterais no fundo do baú e tornei-me uma pessoa mais tolerante.

Hoje dou por mim a saber o que é ser julgada. A ser olhada de lado e criticada por trabalhar num escritório de advogados e não ter sequer o cuidado de esconder a tatuagem que todos os dias trago cravejada no pulso [vejam bem a ousadia] . Ou por usar as unhas pintadas de azul metalizado [onde é que eu estava com a cabeça?!?]. Para mim, é-me indiferente. Quanto mais os choco mais me apetece provocá-los. Mas faz-me ter consciência de como mudei. E de como odeio hoje o que outrora já fui. E de como a idade, realmente, traz atrelada a si a sabedoria...

10 de novembro de 2010

Foto de Miss Strawberry

Hoje basta-me o sol para me sentir feliz. Gosto de dias assim...

5 de novembro de 2010

Tenho saudades de ser arrebatada por um livro.
Hoje saí de casa a cheirar a Berlim. Amo esta cidade. Amo este perfume.




3 de novembro de 2010

Rest in peace Andy Irons (wherever you are...)


Estou em estado de choque. Porque era o meu surfista preferido. Porque foi o primeiro a quem decorei o nome e passei a acompanhar o seu percurso regularmente. Porque tinha um surf pujante e um feitio bombástico. Porque era o maior rival do Slater e eu e o meu carequinha andávamos sempre a discutir por causa dos dois. Porque esteve um ano sem competir, dropinou (assim o espero) o pior dos rivais, um vício terrível que o levou ao fundo e conseguiu voltar em grande à competição no WCT. Porque tinha apenas 32 anos, uma família e estava a um mês de ser pai. Porque morreu sozinho num quarto de hotel em Dallas. Porque já não conseguiu regressar a casa para junto dos seus. Porque o gigante dos mares foi derrubado por um mosquito. E ninguém merece morrer assim...






Seguidores

moranguinhos

Este blog possui actualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo