29 de setembro de 2010

28 de setembro de 2010

27 de setembro de 2010

Priceless


A cara que as pessoas fazem quando recebem o nosso convite de casamento...

24 de setembro de 2010

Halong Bay










Fotos deMiss Strawberry e G.

Como fazer um homem duvidar de si mesmo



De manhã, para ele: hoje fazes tu a cama?

[Ele olha para mim com aquele ar de "e-qual-é-a-novidade-se-sou-eu-que-a-faço-todos-os-dias?" mas acaba por fazê-la.]

À hora de almoço fui a casa e aproveitei para dormir uma pequena sesta. Saí à pressa e deixei a cama por fazer.

À noite, quando chegámos:
"Antes de saíres, não me disseste que a cama já estava feita?"

Ele, olhando incrédulo para meia cama por fazer: "E fiz, quer dizer, pelo menos, acho que sim, pensava que tinha feito. Eu ando mesmo cansado, acho que estou a precisar de férias outra vez!"

"Olha, eu não! Tenho aproveitado [mentira!] a hora de almoço e venho a casa dormir uma sestinha para repor as energias."

[Escusado será dizer que o menino ficou capaz de me matar...]

22 de setembro de 2010

Sapa


















Fotos de Miss Strawberry e G. (satisfeito?)

21 de setembro de 2010

Cúmulo da estupidez

Ter uma mica no parapeito da janela, que faz com que o sol incida directamente nos meus olhos, e virá-la ao contrário.

A simbiose perfeita


Foto: Simon Perini

Podia dar-me para bem pior...



Hoje passei por uma loja giríssima [que é como quem diz, carérrima] na Avenida da Liberdade. Na montra estavam umas malas [perdão, carteiras. Sou tão rústica, meu Deus!] engraçaditas e uns limões com um aspecto maravilhoso.

Estive mesmo, mesmo para entrar na loja e perguntar a quanto estava o limão...

20 de setembro de 2010

E hoje regressam as caminhadas à noite

do miradouro da praia do Sul até à Foz do Lizandro. Ida e volta, uma vez. Duas, se conseguir. Sozinha ou acompanhada, tanto me faz. E amanhã bem cedo, conto regressar ao ginásio. Quartas e sextas ao almoço, yoga [aqui ainda é onde falho menos]. Ao fim-de-semana, jogging e surf. Raios me partam se eu não hei-de estar magra no casamento!

Telegrama

5.ª feira à noite = Foz do Lizandro + amigos + sushi + caipiroskas + uma noite espectacular à beira-mar

6.ª feira à noite = Entre-os-Rios + amigos  + bacalhau no forno com batatinha assada + vinho verde

Sábado e Domingo = vindimas + amigos + arroz de lampreia (não é bem a minha praia) + comida e vinho verde e tinto e doce e de todas as espécies e feitios.

Conclusão = é bom ter amigos. (e o Benfica é o maior!)

16 de setembro de 2010

Estou feliz

Pensava que já não se faziam amizades por volta dos trinta. É bom saber que tal ainda é possível.

15 de setembro de 2010

Odeio a maior parte dos meus clientes

Se pudesse, propunha uma acção contra eles pelo simples facto de existirem.

Hoje sinto-me o monstro das bolachas

Meio pacote já foi. Não faz mal, as orcas também têm direito a casar.

Na senda do post anterior...

E agora sou tão lamechas que me vieram logo as lágrimas aos olhos ao ler este texto.

A redoma de ferro ficou na Ásia...

Há uns anos atrás perdi a fé. Nos amigos, nos amores, em deus, na vida, nas pessoas em geral. Criei barreiras invisíveis. Uma redoma de ferro totalmente intransponível. Tornei-me uma pessoa inacessível, fria, rude e constantemente revoltada com a vida. Digamos que esta também nem sempre me correu de feição e aquela barreira acabou por ser a minha protecção durante alguns anos, como se de uma melhor amiga se tratasse. Eu e ela dávamo-nos bem. Aliás, muito bem. Cresci, tornei-me mais forte, deixei de sofrer tanto. 

Um dia cansei-me de ser assim. De viver sem emoções, de tudo [ou quase tudo] me ser indiferente, de não confiar nas pessoas, de me afastar delas só porque sim. Decidi mudar a minha atitude perante a vida. Coincidiu com a minha primeira viagem a Bali. Foi uma viagem de descoberta interior. Vim de lá completamente diferente, tornei-me uma pessoa melhor.

E verdade seja dita, gosto bem mais de mim assim...

13 de setembro de 2010

Sei que não estou bem quando...

ao consultar o meu e-mail no telemóvel, encosto o dito cujo ao ouvido. Acho que preciso de férias outra vez.

E o prémio para o maior fiasco do ano 2010 vai para...

Lisbon Unplugged!

A sério, já tive festas de aniversário com mais gente...

8 de setembro de 2010

Não me posso esquecer...

de sonhar. sempre. de ser feliz. de dizer o quanto te adoro. de gostar de mim. de sorrir só porque sim. de ter a força e a coragem necessárias para ultrapassar os maus momentos. de não deixar nada por fazer. ou pelo menos tentar. de arriscar sempre e cada vez mais. de perdoar. de não dar importância às coisas que a não têm. de não me arrepender do que já fiz. de não lamentar o que deixei por fazer. de querer sempre mais. agora e sempre.

Ainda estou de queixo caído...

Acabei de ver o perfil que a filha de uma colega de escritório criou no facebook. A miúda tem 10 anos e eu juro que ainda não me recompus. Aquelas fotos, meu deus, aquelas fotos...

7 de setembro de 2010

Ele há com cada dilema na minha vida...

Estes meninos (que são uma das minhas bandas preferidas) vêm cá no próximo sábado. A minha sogra faz anos nesse mesmo dia. Sinto-me tão dividida.

Está decidido

Casamos em Bali.

6 de setembro de 2010

Energia, muita energia

Gosto quando ando entusiasmada com muitas coisas ao mesmo tempo. Recorda-me os velhos tempos, quando andava sempre cheia de projectos e ideias no pensamento.

Realmente, não há nada como uma pausa para pôr as ideias no lugar. Isso e sentir-me bem comigo mesma.

1 de setembro de 2010

Chocolate



Nem acredito que só vi este filme, pela primeira vez, há dois dias atrás.

Adoro pessoas que, de tão especiais, conseguem mudar a vida das outras pessoas pelo simples facto de serem quem são.

Seguidores

moranguinhos

Este blog possui actualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo